FESTIVAL DE CENAS CURTAS SP

Salve pessoal!

Estão abertas as inscrições para o I Festival de Cenas Curtas em SP, dia 23/09 na Oficina MetaCultural. Toda e qualquer pessoa que tiver uma cena ou uma intervenção artística que dure no máximo 10 minutos pode participar!

O principal objetivo é oferecer aos artistas o espaço para compartilhar suas criações, conhecer diferentes linguagens, trocar impressões e é claro – continuar resistindo com a nossa arte!

Como funciona:

  • Serão selecionadas no máximo 30 cenas para a noite;
  • Só serão aceitas as apresentações de 01 a 10 minutos;
  • As cenas são avaliadas entre 1 a 5 pontos;
  • O júri será o público que estará presente na noite;
  • Ao término das apresentações os pontos serão somados e anunciado o vencedor;
  • O vencedor recebe a “Caixa de Pandora” como prêmio. O que há nela? Só será revelado no dia.

Ficha de inscrição no final da página!

O júri será popular. A pontuação será registrada em formulário entregue ao público na entrada do evento. A contagem dos pontos começará 30 minutos após o término da última apresentação e o vencedor será anunciado imediatamente após a contagem.

Com ENTRADA GRATUITA, o espaço dispõe de um delicioso café/bar com bebidas e comidinhas deliciosas a um preço super justo!

Dia 23/09 – 20h à 00h
Rua Treze de Maio, 120 – Bela Vista
Convidem seus amigos e venha celebrar o início da Primavera com a gente!
Inscrições até 21/09

FiCHA DE INSCRIÇÃO - APRESENTAÇÕES
Uhuuu, somos gratos por você fazer parte!

Nome da atração

Nome do(s) artista(s) envolvido(s)

E-mail do responsável

Telefone

A duração de cada apresentação será de no mínimo 01 e no máximo 10 minutos. Pode ser individual ou coletiva.
Quanto tempo tem sua apresentação?

Possuímos equipamento de som e projetor, favor especificar abaixo caso venha utilizar. Você também pode trazer o seu equipamento.

Descreva brevemente o que deseja apresentar e informações que deseja adicionar para facilitar a produção no dia.

OFICINA DE PERFORMANCE

Oficina de Performance

Período do curso:  De 26 de Agosto a 16 de Dezembro
Dia: Sábados / Horário: 11h às 14h
Público Alvo: amantes das artes, pessoas curiosas, artistas, estudantes e educadores.
Vagas: Máximo 20 pessoas a partir de 18 anos

O Curso 

Oficina de Performance – OMC

A partir de diferentes procedimentos de composição cênica, cada participante terá a oportunidade de vivenciar e experimentar práticas de artes corporais, pesquisas de Artes Integradas em teatro-dança-música-artes visuais e experimentos cênicos da Performance como Linguagem. Nesta oficina, entende-se que a integração das artes se faz presente no sentido de ampliar o repertório artístico e auxiliar no desenvolvimento pessoal, humano e social.

A proposta é compreender na prática as relações entre a Arte e a leitura da realidade através de criações que possibilitem a fruição artística, afinando a comunicação dos diferentes corpos entre si e destes com o ambiente. Durante os encontros, a oficina receberá artistas convidados das linguagens envolvidas e contará com uma série de apresentações realizadas pelos participantes abrindo o processo ao público.

Oficina de Performance – OMC

Práticas abordadas:

  • Exercícios e preparação do corpo para a cena;
  • Educação somática, Dança contemporânea, Improvisação e criação de células coreográficas – individual e coletiva;
  • Teatro contemporâneo e o sujeito autobiográfico em Performance;
  • Musicalização e experimentos em texturas e paisagens sonoras;
  • Artes Visuais (experimentos práticos com iluminação cênica, fotografia, vídeo e artes plásticas);
  • Intervenção, Instalação, Body Art.

Ficha de inscrição no final dessa página!

Investimento

Mensalidade –  170,00 – para pagamentos realizados até o dia 10 de todo o mês ou 197,00 no dia escolhido!

Oficina de Performace OMC

Vantagens para o estudante da Oficina 

  • Oferecemos certificado ao término do curso quando o estudante conclui o mínimo de 70% de frequência nas aulas + portfólio artístico.
  • O estudante matriculado pode assistir como ouvinte (gratuitamente) as aulas de todos os cursos ministrados na Oficina com agendamento prévio, respeitando o limite de ouvintes por aula.
  • Cota de ingressos gratuitos ou com desconto, em parceria com outras instituições como por exemplo o SESC para assistir espetáculos, shows, palestras como forma de complementação aos seus estudos.
  • Participa de mostras, apresentações e temporadas como conclusão de curso.
  • Pode usar o espaço gratuitamente para ensaios em qualquer horário com agendamento prévio.Entrada gratuita ou 50% de desconto em todos os eventos realizados na Oficina, festas, espetáculos, palestras, etc.Matrícula/Carteirinha
    Taxa única de R$ 35,00 – A Matrícula é paga uma única vez independentemente de quantos cursos você venha fazer. Ex-estudantes da Oficina e moradores do bairro Bela Vista não pagam taxa de matrícula.

Não cobramos taxa de inscrição!

Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Preencha com atenção o seu e-mail para que possa receber a confirmação da inscrição.
Nome

E-mail

Data de Nascimento

Endereço

Cidade

CEP

Telefone

Caso queira adicionar mais informações, use esse espaço:

Como ficou sabendo do curso?

RODRIGO ELOI LEÃO

Sua trajetória artística se dá na interface das linguagens do Teatro, da Dança, da Música e das Artes Visuais. Bacharel em Comunicação das Artes do Corpo na Faculdade de Comunicação e Filosofia da PUC/SP – Especialização em Dança e Performance. Terapeuta Corporal formado pela ATMARAJ – Academia Internacional de Ayurveda, Yoga e Terapias Integradas. Reiki Master pelo método Usui. Instrutor de Pilates no Estúdio Nanô Pilates. Estudou  Dança com Zélia Monteiro de 2004 a 2010 – Teatro com Georgette Fadel, Edgar Castro, Leona Cavalli, Donizeti Mazonas e Luah Guimarãez – Artes Visuais com Hernandes de Oliveira – Contato Improvisação com Tica Lemos – Dança com Eliana de Santana, Irineu Nogueira, Marta Soares, Peter Goss, Tadashi Endo e Wellington Duarte – Canto com Ivini Ferraz e Livia Golden – Texturas Sonoras com Jorge Peña – Performance com Samira Br e Toshi Tanaka. Desde 2011 realiza performances: “Esplênico (versões 1,2,3)”, “Rua-Rá”, FlashMob_Meta, “Catando-me, reciclo-me (Projeto Reutiliz­-ação)”, “Estudo de pulsação do tambor”. Participou da Movimento Cia de Teatro dirigida por Rita Miranda em Extrema-MG no espetáculo “Viúva, porém honesta” de Nelson Rodrigues. (Saiba mais) 

RODRIGO ELOI LEÃO

Professor de Dança e Performance

Sua trajetória artística se dá na interface das linguagens do Teatro, da Dança, da Música e das Artes Visuais. Bacharel em Comunicação das Artes do Corpo na Faculdade de Comunicação e Filosofia da PUC/SP – Especialização em Dança e Performance. Terapeuta Corporal formado pela ATMARAJ – Academia Internacional de Ayurveda, Yoga e Terapias Integradas. Reiki Master pelo método Usui. Instrutor de Pilates no Estúdio Nanô Pilates. Estudou  Dança com Zélia Monteiro de 2004 a 2010 – Teatro com Georgette Fadel, Edgar Castro, Leona Cavalli, Donizeti Mazonas e Luah Guimarãez – Artes Visuais com Hernandes de Oliveira – Contato Improvisação com Tica Lemos – Dança com Eliana de Santana, Irineu Nogueira, Marta Soares, Peter Goss, Tadashi Endo e Wellington Duarte – Canto com Ivini Ferraz e Livia Golden – Texturas Sonoras com Jorge Peña – Performance com Samira Br e Toshi Tanaka. Desde 2011 realiza performances: “Esplênico (versões 1,2,3)”, “Rua-Rá”, FlashMob_Meta, “Catando-me, reciclo-me (Projeto Reutiliz­-ação)”, “Estudo de pulsação do tambor”. Participou da Movimento Cia de Teatro dirigida por Rita Miranda em Extrema-MG no espetáculo “Viúva, porém honesta” de Nelson Rodrigues e fez operação de luz para o espetáculo “As Centenárias” de Newton Moreno. Participou da E² Cia de Teatro e Dança dirigida por Eliana de Santana e Hernandes de Oliveira. Nesta Cia, atuou no projeto “BLUE” como produtor, criador-intérprete e fotógrafo (Programa Municipal de Fomento à Dança da cidade de São Paulo). Atuou como produtor e fotógrafo no projeto-espetáculo “BALEIA” (ProAC) direção de Eliana de Santana; No projeto “Baleia e outras secas” atuou como produtor e fotógrafo dos espetáculos “BALEIA”, “A Emparedada da Rua Nova”, e “… e das outras doçuras de deus”, direção de Eliana de Santana (Programa Municipal de Fomento à Dança da cidade de São Paulo). Participou como criador-intérprete, fotógrafo e produtor do espetáculo “Lost in Spaceshit” (ProAC) com direção de Eliana de Santana, Hernandes de Oliveira e Wellington Duarte (apresentações no Instituto Cultural Capobianco, Mostra de Fomento à Dança 2014 e no FIDFórum Internacional da Dança em Belo Horizonte – MG). Participou como criador-intérprete do Núcleo de Improvisação, direção de Zélia Monteiro, nos espetáculos “Área de Risco” e “Porque tenho essa forma?” (ProAC / Programa Municipal de Fomento à Dança da cidade de São Paulo). No Núcleo de Dança e Performance Marcos Sobrinho, atuou na assistência de produção nos espetáculos “Dedicate” e “O Baile” (Programa Municipal de Fomento à Dança da cidade de São Paulo). Atuou como criador-intérprete no espetáculo: “Forma – Cem Mil Outros Lados” com direção de Zélia Monteiro e coordenação de Umberto da Silva, Neide Neves e Toshi Tanaka (Trabalho de Conclusão de Curso em 2007 – TCC em Artes do Corpo no Teatro Tucarena PUC/SP). Pelo Projeto Harmonia na Diversidade no Teatro de Arena Eugênio Kusnet, iniciou-se no espetáculo musical “Chico Mendes e o Encantado”, de autoria de Ana Vitória Vieira Monteiro, dramaturgia de Ingrid Koudela, direção geral de Ivini Ferraz e direção de atores de Georgette Fadel e Leona Cavalli. Como Artista-Educador atuou ministrando e coordenando aulas de Dança e Performance / Artes do Corpo para adultos e adolescentes na Oficina MetaCultural. Realizou preparação corporal, direção coreográfica e de performance dos espetáculos realizados pela Oficina MetaCultural: “Pro nosso destino mandar”, “Edifício Laerte”, “Destinos Retintos”, “Corda-Bamba”, Cheiro do tempo” e “O outro em mim contigo”. Dança, Musicalização e Teatro para crianças e adolescentes na Escola Lumiar São Paulo. Dança e Musicalização para crianças e Teatro para adolescentes atendidos pela Ação Comunitária do Brasil em organizações da zona sul de São Paulo. Oficinas de Consciência Corporal e Dança Contemporânea para adultos e adolescentes no Ponto de Cultura – projeto Arte em Movimento / Ponto de Cultura dirigido pela Movimento Cia de Teatro em Extrema – MG. Workshops e Oficinas de Consciência Corporal e Dança Contemporânea na SOAPAZ – Sociedade de Artes para a Paz. Dança Coral para crianças atendidas pela Associação Morungaba. Desenvolve o projeto Práticas de Artes Corporais através de aulas de Educação Somática, Pilates e Dança e realiza atendimentos em Terapias Corporais desde 2008.

Caio Insabrald

Ator, diretor e arte educador. Formou-se em Artes Cênicas pela Escola de Artes Célia Helena em 2016. Atuou profissionalmente pela primeira vez em 2010 no espetáculo Corda Bamba, direção de Thais Aguiar. Cursou a Escola de Atores Wolf Maya onde trabalhou com Paulo Marcos, Sérgio Ferrara e Eliete Cigarini. Fez parte do Núcleo de Artes Cênicas do Sesi de Santo André entre 2012 e 2013, atuando nos espetáculos Vestido de Noiva, Toda Nudez Será Castigada e Boca de Ouro (Nelson Rodrigues), onde foi assistente de direção, com a direção de Ana Célia Padovan. Fez parte do núcleo de pesquisas em cima da obra Senhora dos Afogados de Nelson Rodrigues, com a direção de Moisés Miastkwosky. Em 2014 participou do núcleo de pesquisas em cima da obra O Ator E Seus Duplos de Antonin Artaud com direção de Samir Murad na Casa de Artes de Laranjeiras, Rio de Janeiro. Em 2014 atuou no espetáculo Eles Não Usam Black-Tie de Gianfrancesco Guarnieri, direção de Pedro Granato. Em 2015 atuou no espetáculo Nossa Cidade de Thornton Wilder, direção de Fernando Nischt. Em 2015 também participou da montagem e pesquisa em cima do texto Liberdade Liberdade de Millôr Fernandes e Flávio Rangel, Se Me Chamasse Liberdade com a direção de Johana Albuquerque. Em 2016 fez parte da montagem de Woyzeck de Georg Buchner, direção de Bete Dorgam. Foi arte educador de teatro entre 2014 e 2015 no projeto Usina dos Atos. Foi coordenador e arte educador de teatro entre 2013 e 2016 no projeto Reconstrução Educativa. Em 2016 atuou no espetáculo A Revolução dos Bichos, adaptação e direção de Guilherme Sant’Anna e também no espetáculo O Botequim – Céu Sob Chuva, direção Marco Antonio Rodrigues.

Teatro Infantil

Teatro Infantil

Período do curso: De 12 de agosto a 09 de dezembro
Dia: Sábados / Horário: 14h às 17h
Público Alvo:  Interessados em geral. Não é necessário ter experiência.
Processo Seletivo: Primeiros inscritos
Vagas: Máximo 20 pessoas
De 07 a 12 anos.

O Curso

Professores: Thais Aguiar e Caio Insabrald
O curso tem como principal objetivo trabalhar o desenvolvimento da criatividade, percepção, comunicação e interação dos sentidos para a vivência teatral. Ampliar o repertório, seja ele em ações físicas ou psíquicas, através de exercícios que trabalham a autoconfiança, auto-estima, o ritmo, o equilíbrio, coordenação motora, o reflexo e a concentração.

Jogos e desenvolvimento de técnicas de interpretação e experimentações que envolvem o fazer teatral. As aulas são 80% práticas e 20% teóricas. O ambiente das aulas pode variar de locais como ao ar livre, que serve como facilitador para o desenvolvimento dos sentidos, percepção e manifestações culturais.

Para obter o conteúdo detalhado de cada aula – faça sua inscrição! 

Espetáculo – Destinos Retintos

Ficha de inscrição no final dessa página!

Investimento

Mensalidade –  99,00 – para pagamentos realizados até o dia 10 de todo o mês ou 135,00 no dia escolhido!

Vantagens para o estudante da Oficina

  • Oferecemos certificado ao término do curso quando o estudante conclui o mínimo de 70% de frequência nas aulas + portfólio artístico.

    Espetáculo – Bailei na Curva

    Espetáculo – Bailei na Curva

  • O estudante matriculado pode assistir como ouvinte (gratuitamente) as aulas de todos os cursos ministrados na Oficina com agendamento prévio, respeitando o limite de ouvintes por aula.
  • Cota de ingressos gratuitos ou com desconto, em parceria com outras instituições como por exemplo o SESC para assistir espetáculos, shows, palestras como forma de complementação aos seus estudos.
  • Participa de mostras, apresentações e temporadas como conclusão de curso.
  • Pode usar o espaço gratuitamente para ensaios em qualquer horário com agendamento prévio.Entrada gratuita ou 50% de desconto em todos os eventos realizados na Oficina, festas, espetáculos, palestras, etc.

Não cobramos taxa de inscrição!

FICHA DE INSCRIÇÃO

Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Preencha com atenção o seu e-mail para que possa receber a confirmação da inscrição.
Nome

E-mail

Data de Nascimento

Endereço

Cidade

CEP

Telefone

Como ficou sabendo do curso?

Thais Aguiar

Atriz, Diretora e Dramaturga.
Formada pela Escola de Arte Dramática da Escola de Comunicação e Artes na Universidade de São PauloEAD/ECA/USP em 2006. Trabalhos recentes –  No cinema, participou como atriz no longa metragem O Animal Cordial, direção de Gabriela Amaral Almeida (estréia prevista par a 2016). Apart-Horta, direção de Cecilia Engels filme de ficção/comédia para televisão. O projeto é ganhador do concurso de roteiro filma Brasil 2013. Rodado em 2014. No teatro, dirigiu recentemente EURECA, do grupo Vento de Invetar (musical), realizou três montagens – Fissão, Os Olhos de Deus e o Cú do Diabo / Posto, Logo Existo / A Vida Como Ela Fosse – como dramaturga e diretora na Oficina MetaCultural. Trabalhos no teatro como atriz: Homem não Entra, Cine-Camaleão Borboleta Azul, texto e direção Paulo Faria, da Cia Pessoal do Faroeste. 3 Casas, de Alfredo Mesquista sob a direção de Calixto de Inhamus, Gabriela Rabelo Saiba mais

 

Caio Insabrald

Ator, diretor e arte educador. Formou-se em Artes Cênicas pela Escola de Artes Célia Helena em 2016. Atuou profissionalmente pela primeira vez em 2010 no espetáculo Corda Bamba, direção de Thais Aguiar. Cursou a Escola de Atores Wolf Maya onde trabalhou com Paulo Marcos, Sérgio Ferrara e Eliete Cigarini. Fez parte do Núcleo de Artes Cênicas do Sesi de Santo André entre 2012 e 2013, atuando nos espetáculos Vestido de Noiva, Toda Nudez Será Castigada e Boca de Ouro (Nelson Rodrigues), onde foi assistente de direção, com a direção de Ana Célia Padovan. Fez parte do núcleo de pesquisas em cima da obra Senhora dos Afogados de Nelson Rodrigues, com a direção de Moisés Miastkwosky. Em 2014 participou do núcleo de pesquisas em cima da obra O Ator E Seus Duplos de Antonin Artaud com direção de Samir Murad na Casa de Artes de Laranjeiras, Rio de Janeiro. Saiba mais

Curso de Danças Brasileiras

Curso de Danças Brasileiras

Período do curso:  De 02 de Agosto a 22 de Novembro
Dia: Quartas / Horário: 15h às 18h
Público Alvo: Interessados em geral com disponibilidade corporal.
Processo Seletivo: Primeiros inscritos
Vagas: Máximo 20 pessoas a partir de 13 anos.

O Curso 

Danças Brasileiras

O curso livre de danças brasileiras tem o objetivo de vivenciar e reconhecer a história e a presença das manifestações populares no Brasil, compreendendo seu desenvolvimento e sua importância para o país. Os estudantes serão convidados a vivenciar corporalmente algumas manifestações populares de matriz africana e aplicá-las numa criação corporal. As danças serão abordadas através da consciência corporal do movimento somático, buscando reconhecer os ritmos no corpo, os estudantes aprenderão a dançar de maneira lúdica.

Conteúdo Programático:

  • Danças populares abordadas: Coco, jongo, carimbo, cacuriá, baião de princesas, congo do Espírito Santo, Batuque de Umbigada, samba de roda e ciranda.
  • Estudos através de vídeos das manifestações corporais que serão abordadas;
  • Prática e aprendizado das danças populares;
  • Precisão, resistência e disponibilidade corporal;
  • Improviso corporal – brincadeira;
  • Canto de ritmos populares;
  • Dança: passos e coreografias.

Ficha de inscrição no final dessa página!

Investimento

Mensalidade –  170,00 – para pagamentos realizados até o dia 10 de todo o mês ou 197,00 no dia escolhido!

Danças Brasileiras

Vantagens para o estudante da Oficina 

  • Oferecemos certificado ao término do curso quando o estudante conclui o mínimo de 70% de frequência nas aulas + portfólio artístico.
  • O estudante matriculado pode assistir como ouvinte (gratuitamente) as aulas de todos os cursos ministrados na Oficina com agendamento prévio, respeitando o limite de ouvintes por aula.
  • Cota de ingressos gratuitos ou com desconto, em parceria com outras instituições como por exemplo o SESC para assistir espetáculos, shows, palestras como forma de complementação aos seus estudos.
  • Participa de mostras, apresentações e temporadas como conclusão de curso.
  • Pode usar o espaço gratuitamente para ensaios em qualquer horário com agendamento prévio.Entrada gratuita ou 50% de desconto em todos os eventos realizados na Oficina, festas, espetáculos, palestras, etc.

Não cobramos taxa de inscrição!

Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Preencha com atenção o seu e-mail para que possa receber a confirmação da inscrição.
Nome

E-mail

Data de Nascimento

Endereço

Cidade

CEP

Telefone

Como ficou sabendo do curso?

58440021

Erika Coracini

Atriz, diretora e pesquisadora. Formou-se em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo. Mestre pela ECA/USP com a dissertação “Jongo e Teatro: princípios performáticos da festa”.
Na Penélope Cia de Teatro, na qual é fundadora e atualmente diretora, pesquisa a intersecção entre um teatro performativo e narrativo em uma dramaturgia de espaço. A Cia iniciou seus trabalhos com o espetáculo “Penélope Vergueiro”, no qual atuou, texto e direção de Carlos Canhameiro em 2011; em 2013, a Cia realiza o espetáculo itinerante “Sem Palavras” em diversas casas, dirigido por Erika Coracini e com dramaturgia de Alexandre Krug; atualmente apresentam o terceiro espetáculo também itinerante “…Entre Esperas…ou Como um dia come o outro…”, dessa vez na avenida Paulista com o parque Trianon, repetindo a direção de Erika Coracini e dramaturgia de Alexandre Krug. Também a partir dessa pesquisa, dirigiu o espetáculo “Nossa Senhora das Nuvens” de Arístides Vargas, com o Grupo Sopro, 2013. Leia mais

SARAU DE OUTONO – 2017

Bem-vindos!
É com imenso prazer que anunciamos o SARAU DE OUTONO – 2017.  

Como nas edições anteriores, em nossos SARAUS toda manifestação artística é permitida – danças, canto, cenas teatrais, performance, números circenses e muita poesia. Além de todas essas atrações tem também O Café Oficina, para aqueles que adoram assistir a tudo isso se deliciando com os quitutes e bebidas.

Dia 13/05 das 19h às 23h
Entrada:
 Pague quanto puder
Sede da Oficina: Rua Treze de Maio, 120 – Bela Vista

Se você tem interesse em fazer parte do Sarau, basta se inscrever! Estamos recebendo inscrições de: poesias, cenas teatrais, canto individual, dupla ou grupo (incluindo canto/coral), músicos independentes, bandas, música instrumental, danças, performance, circo, pintura e exposições.

Já existe um evento no facebook onde diariamente compartilhamos informações sobre o Sarau – Confirme sua presença!

FiCHA DE INSCRIÇÃO - APRESENTAÇÕES
Uhuuu, somos gratos por você fazer parte!

Nome da atração

Nome do(s) artista(s) envolvido(s)

E-mail do responsável

Telefone

A duração de cada apresentação será de no máximo 07 minutos individual/dupla e 15 minutos para grupos.
Sua apresentação se encaixa em qual linguagem?


Você também pode trazer o seu equipamento.

Descreva brevemente o que deseja apresentar e informações que deseja adicionar para facilitar a produção no dia.

Canção de Outono – Mario Quintana

O outono toca realejo
No pátio da minha vida.
Velha canção, sempre a mesma,
Sob a vidraça descida…

Tristeza? Encanto? Desejo?
Como é possível sabê-lo?
Um gozo incerto e dorido
De carícia a contrapelo…

Partir, ó alma, que dizes?
Colher as horas, em suma…
Mas os caminhos do Outono
Vão dar em parte nenhuma!

Mario Quintana )
(Poema publicado originalmente no livro Canções, retirado de Poesia Completa – Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2005, p. 131)

Flyerleve

Curso de Dança Contemporânea – Início em Maio

Dança Contemporânea

Período do curso: De 22 de Maio a 04 de Dezembro
Dia: Segundas / Horário: 19h às 22h
Público Alvo:  Interessados em geral, dançarinos, atores e professores. Não é necessário ter experiência.
Processo Seletivo: Carta de Interesse.
Vagas: Máximo 20 pessoas a partir de 16 anos, sem limite de idade.

Investimento

Livre "Danser la peinture" aux Nouvelles editions ScalaMaria Jesus Sevari / Lucio FontanaChorégraphie : Maria Jesus SEVARIConseillère Laban-Bartenieff et Isadora Duncan : Elizabeth SchwartzDanse : Philippe Lebhar, Inés Hernández, Juliette MorelLumière : Laurent PaillierLieu : Studio Le Petit Oiseau Va Sortir / ParisDate : 01/06/2015

Livre “Danser la peinture” aux Nouvelles editions ScalaMaria Jesus Sevari / Lucio FontanaChorégraphie : Maria Jesus SEVARIConseillère Laban-Bartenieff et Isadora Duncan : Elizabeth SchwartzDanse : Philippe Lebhar, Inés Hernández, Juliette MorelLumière : Laurent PaillierLieu : Studio Le Petit Oiseau Va Sortir / ParisDate : 01/06/2015

Mensalidade –  170,00 – para pagamentos realizados até o dia 10 de todo o mês ou 197,00 no dia escolhido!

Vantagens para o estudante da Oficina

– Oferecemos certificado ao término do curso quando o estudante conclui o mínimo de 70% de frequência nas aulas + portfólio artístico.
– O estudante matriculado pode assistir como ouvinte (gratuitamente) as aulas de todos os cursos ministrados na Oficina com agendamento prévio, respeitando o limite de ouvintes por aula.
– Cota de ingressos gratuitos ou com desconto, em parceria com outras instituições como por exemplo o SESC para assistir espetáculos, shows, palestras como forma de complementação aos seus estudos.
– Participa de mostras, apresentações e temporadas como conclusão de curso.
– Pode usar o espaço gratuitamente para ensaios em qualquer horário com agendamento prévio.
– Entrada gratuita ou 50% de desconto em todos os eventos realizados na Oficina, festas, espetáculos, palestras, etc.

Matrícula/Carteirinha
Taxa única de R$ 35,00 – A Matrícula é paga uma única vez independentemente de quantos cursos você venha fazer. Ex-estudantes da Oficina e moradores do bairro Bela Vista não pagam taxa de matrícula.

Não cobramos taxa de inscrição!

FICHA DE INSCRIÇÃO

Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Preencha com atenção o seu e-mail para que possa receber a confirmação da inscrição.
Nome

E-mail

Data de Nascimento

Endereço

Cidade

CEP

Telefone

Carta de Interesse
Descreva aqui o que te motiva a fazer o curso:

Como ficou sabendo do curso?

O Curso

Professora: Manuela Fadul

Curso de Dança Contemporânea
Perceber a dança como expressão das realidades próximas e distantes e como as pessoas percebem seu corpo em movimento, é fundamental para alcançar os objetivos do ensino dessa linguagem. É ir além das técnicas codificadas, dos repertórios repetitivos, enfatizando conhecimento, percepção e processo criativo.

Estudo do movimento- gestos do cotidiano

  • Criar condições para o aluno vivenciar e experimentar noções de peso, tônus, fluência, dinâmicas e ritmo através do estudo do movimento e trazer possibilidades de expressão através da dança.
  • Estudos sobre noção de espaço: do corpo, do movimento, dos objetos, planos.
  • Estudo de quedas parciais ou totais, do corpo em relação ao solo. Fortalecer o corpo para movimentos mais vigorosos. Explorar o movimento em diferentes espaços (planos e níveis) e em diferentes tempos (apoios, qualidades de movimento, expressão, etc.) o que pode ser referente e tempo (simultaneidade, seqüência, dinâmica, etc.) e ao espaço (direção, trajetória, planos, etc.)

Composição coreográfica

  • Introduzir sequências coreográficas que envolvam saltos, corridas e quedas e elementos da dança contemporânea, além de trabalhar com a percepção e escuta através do estado de urgência do movimento (prontidão do movimento).
  • Improvisação.
  • Apresentação.

manu1Manuela Fadul

Bailarina, intérprete- criadora e artista –educadora. Natural de Mogi das Cruzes, iniciou seus estudos em dança em 1991 em Suzano no Studio Márcia Belarmino onde formou-se em Ballet Clássico e Dança moderna e contemporânea.
Estudou no Centro Pro-danza em Cuba/Havana, onde trabalhou diversas técnicas da dança. Integrou a Cia de Danças de Diadema por 9 anos onde atuou como bailarina, ensaiadora assistente de direção e artista- educadora(2004 á 2013) Ministrou oficinas de dança para crianças, adolescentes, adultos, terceira idade e portadores de necessidades especiais dentro do Projeto de Oficinas Culturais junto a prefeitura de Diadema e a comunidade da cidade. (Leia mais)

Manuela Fadul

manu1Bailarina, intérprete- criadora e artista –educadora. Natural de Mogi das Cruzes, iniciou seus estudos em dança em 1991 em Suzano no Studio Márcia Belarmino onde formou-se em Ballet Clássico e Dança moderna e contemporânea. Estudou no Centro Pro-danza em Cuba/Havana, onde trabalhou diversas técnicas da dança. Integrou a Cia de Danças de Diadema por 9 anos onde atuou como bailarina, ensaiadora assistente de direção e artista- educadora(2004 á 2013) Ministrou oficinas de dança para crianças, adolescentes, adultos, terceira idade e portadores de necessidades especiais dentro do Projeto de Oficinas Culturais junto a prefeitura de Diadema e a comunidade da cidade. Em 2013 fez parte da Cia Corpos Nômades com direção de João Andreazzi e também ministrava aulas de dança contemporânea no ESPAÇO cênico- O Lugar. Atualmente integra a Cia DRUW, na qual desenvolve um trabalho voltado ao público infanto-juvenil e como Arte educadora ministra aulas de dança- educação na ONG Casa do Zezinho no Capão Redondo. Trabalhou e apresentou obras com os seguintes profissionais: Luis Arrieta, Mário Nascimento, Henrique Rodovalho, Gagik Ismaillian , Sérgio Rocha, Henrique Talmah, Ricardo Iazetta, Ana Bottosso ,Denise Namura , Fernando Machado, Michael Bughdahn , Claudia Palma, Robson Lourenço, Erika Moura; Silvia Leblon, Miriam Druwe entre outros .

ANDRÉA BRETHERICK

AndreaBacharel em Composição e Regência pelo Instituto de Artes da UNESP, na classe do maestro Lutero Rodrigues. Formada em Piano Erudito pela ETEC de Artes de São Paulo, e pelo Conservatório de Tatuí, onde também foi pianista correpetidora, tendo acompanhado cantores e instrumentistas.

Teve como professores Luciano Garcez, Miguel Laprano, Juliano Kerber, Míriam Braga, Marisa Lacorte e Marina Brandão. Atualmente, é orientada em Canto Lírico por Francisco Campos Neto.

Integrou o Coro Collegium Musicum de São Paulo, o Coro de Câmara da UNESP, e o Coro da Cidade de Santo André. Foi instrumentista da Banda Jovem de São Bernardo do Campo, e da Orquestra Jovem Camargo Guarnieri.

Apresentou-se, como pianista solista e camerista, em vários locais, como Conservatório de Tatuí, Capela da Universidade Metodista de São Paulo, Festival de Ourinhos, e Festival de Diamantina – MG. Participou de diversos festivais, e cursos pedagógicos na área musical. Em 2011, foi uma das pianistas correpetidoras do II Encuentro de Flautas de Bariloche, Argentina.

Atua na área de pedagogia musical, tendo lecionado musicalização infantil para turmas de 1 a 5 anos de idade. Foi regente da Oficina Aquarela de canto coral para terceira idade da Universidade Metodista de São Paulo, de fevereiro de 2015 a junho de 2016. Desde 2010, leciona piano, canto, e canto coral no Conservatório André da Silva Gomes, em São Bernardo do Campo, para todas as faixas etárias.